Banner

Banner

Total de visualizações de página

15 de outubro de 2013

Luz Artificial

Audrey Hepburn

Vou esperar o amanhecer
Para ver o sol nascer
Trazendo o dia sem novidades
Como a noite no escurecer
Tornar-se refém da maldade
Luz de mercúrio artificial
Luz semi apagada
Testemunha do mal
Vou esperar o sol nascer
Nem que me canse este parecer
Um novo dia a de findar
A minha tristeza no entardecer
Vou amanhecer neste meu esperar
Até que possa me surpreender
Desejo traído talvez suportar
Comigo a sós em vão compreender
Vou esperar o amanhecer
Nem que morra de esperar
Quero o pranto conhecer
Onde mato minha sede
Onde deixo de viver.


Marcelo Zacarelli
Itaquaquecetuba, Junho de 2002 no dia 01

Audrey Hepburn