Banner

Banner

Total de visualizações de página

26 de agosto de 2009

Peito Traidor

Paloma Cristina e Bruno Rodolfo
















Tuas mãos me acolhem
No teu peito que é traidor
Tuas palavras impuras
Contaminam meus sentimentos;

Como um pombo ferido
Lanço-me em teus braços
Em busca da cura
Em busca de abrigo;

Acalentas-me do inverno que é duro
Tomas-me em falsos desejos
Quando renasço em amor e sussurros
Quando me matas
No veneno dos teus beijos;

Venho a dormir
De uma noite cansada
Uma noite fria
Sem vida e sem cor
Sonhando acordar
Nos seios da amada
Que me acolhes em teu peito
Que é traidor.


Pelo autor Marcelo Henrique Zacarelli
Itaquaquecetuba, Junho de 2000 no dia 04.