Banner

Banner

Total de visualizações de página

30 de agosto de 2008

Lembranças que Ficou de Ontem


Morrison, Bruna e Gabriele
A noite está tão fria
A lua faz companhia
Não tira o brilho da magia
Do sol que aparece de dia;
Sentir tua pele nua
Às vezes é desejo, às vezes é ternura!
É como comer um pedaço de pão
Sentado a calçada a beira da rua;
Os olhos cansados ninando de sono
São pequeninos orvalhos
Perdidos ao meio de um sonho;
Vidas que se acabam
Num sorriso tristonho
Vozes que se calam
Num silêncio medonho;
Palavras que se desencontram
Lábios que se conhecem
Lembranças que ficou de ontem
De momentos que a gente não esquece;
O pensamento que sai a procura
Do corpo que se perdeu no leito
Contenta-se encontrar as batidas
Do coração pulsando no peito.


Pelo autor Marcelo Henrique Zacarelli
07/agosto/2001 Itaquaquecetuba (SP).