Banner

Banner

Total de visualizações de página

7 de setembro de 2009

A Primeira Vez

Fernanda Villarim














Quando dos teus lábios se extrai
Mesmo que por alguns segundos
Se faz transbordar
O desejo de talvez
De pensar, se entregar...
De fugir se iludir
Não voltar nunca mais
Mesmo sem sair do lugar
Sem palavras nesta hora
Tornar-se refém do silêncio
Nos teus olhos uma dúvida
Medo quem sabe ou loucura
O revés o inverso da ternura
Nossos corpos um dia talvez
Se perca ou se encontre
Pode parecer bobagem
Quando os olhos se fecham
Tudo passa pela cabeça
Fingimos-nos de morto
Quando há tanta vida.


“Primeira Poesia em pensamento
Em dedicatória “A Fernanda Villarim”.


Pelo autor Marcelo Henrique Zacarelli
Guarulhos, Janeiro de 2007, no dia 17.